Quatro principais tipos de fotografia

Existem muitos tipos diferentes de fotografia, mas de um modo geral, existem quatro grandes tipos que podemos classificar, De uma maneira geral, as principais categorias que se consideram são: a fotografia de retrato, fotografia de famíluia, fotografia de belas arte e fotografia de animais selvagens. Obviamente que há quem diga que esta categorização pode ser redutora, ainda assim, serve para melhor classificar os ti+os de fotografia e conseguir categorizar os restantes, sendo que esse se enquadram já dentro destas categorias. Vamos então definir cada uma:

 

Fotografia de Retrato:

É forma de gravar rostos de pessoas em diversas situações, capturando não só os seu traços físicos, mas também as suas emoções, sobre diferentes condições, obviamente.

Ao contrário do que se passa nos outros tipos de fotografia, neste caso, o fundo da fotografia não tem grande importância, ainda assim é sempre possível inovar na composição da mesma, já que tal como disse anteriormente, a fotografia de retrato pode refletir muito a personalidade de uma pessoa. Obviamente que se deve ter em conta alguns elementos importantes, tal como a iluminação, já que isto irá ter influência directa na qualidade da fotografia.

 

Fotografia de família:

Tal como o nome indica, a fotografia familiar pretende representar e retratar isso mesmo, a família. São utilizadas muitas técnicas diferentes, mas no fim o objectivo é sempre o mesmo, ter a família toda no mesmo frame.

Este género de fotografia apresenta várias vantagens, desde o momento da sua concepção até ao produto final. Do momento da concepção porque pode quebrar o gelo de ambiente tensos ajudando muito pessoas que possam ser mais tímidas. A nível do produto final, este género de fotografia tem uma enorme força emocional, já que pode ajudar a recordar pessoas que estejam ausentes, criando um maior sentimento de proximidade.

 

Fotografia da vida selvagem:

Este género de fotografia serve para documentar a natureza e todo o seu envolvente, tal como animais, plantas e até mesmo montanhas ou rios. Ao contrário das fotografias tradicionais, que pode ter diversos fins e usos, na fotografia de vida selvagem são necessárias câmeras muito específicas. Tudo tem vida, e o trabalho de um fotografo de vida selvagem é descobrir e gravar toda a existência que existe há nossa volta. Mais do que fotografar é preciso respeitar a vida selvagem, já que partilhamos a mesma “casa”, o planeta terra. Com os actuais problemas de cariz ecológico, faz com que este tipo de fotografia comece a ser cada vez mais popular, principalmente em situações de fotojornalismo.

 

Fotografia de belas artes:

Este tipo de fotografia surgiu e popularizou-se na Europa. Um fptpgrafo de belas artes, além de ter que ter um enorme conhecimento e “know-how” sobre arte, tem que conseguir transmitir toda ou mais beleza da obras de arte que fotografa jogando com ângulos luzes, expressão, cores, etc. Ao mesmo tempo, tem que ser capaz de esconder as deficiências da própria obra, para lhe conseguir dar um efeito de embelezamento. “Porque todas as artes contribuem para a maior are que existe, a arte de viver.”